Faroeste Caboclo: diálogo improvável

Faroeste Caboclo: diálogo improvável

A música Faroeste caboclo

Creio que a maioria das pessoas na faixa dos 35 aos 50 anos deve ter ouvido o clássico do repertório nacional faroeste caboclo da banda Legião Urbana. Escrita em 1979, tocada pela primeira vez em um show em 1983 e lançada no álbum “Que país é esse” em 1987.

Que País é esse
Capa do álbum “Que país é esse?”

Faroeste caboclo era um problema para as rádios e gravadora, pois era longa (9’03”) e havia censura federal (na capa do disco tinha a mensagem que era proibida a radiodifusão devido o conteúdo impróprio). Algumas editavam e colocavam um “piiiii” no lugar do singelo cu e do filho da puta, mas outras deixavam, como símbolo de rebeldia. Era meio que quase obrigatório saber a letra da música completa, se fosse fã da banda.

Apesar de icônica, há um diálogo improvável, uma certa falta de lógica e expõe um pouco sobre a forma de pensar do Renato Russo. Ele mesmo admitiu a incoerência em certas partes. Aliás, são muitas:

  • Juntou dinheiro para poder ver o mar e foi parar em Brasília?
  • Dinheiro não dava para se alimentar mas gastava no puteiro da cidade?
  • Primeiro roubo foi preso, mas já não roubava o dinheiro da caixinha do altar?
  • Se era rico, por que precisou roubar?
  • Porque Maria Lucia decidiu-se casar com Jeremias?
  • Maria Lucia é ótima para escolher homens, diga-se passagem.

O erro descrito abaixo é mais em faroeste caboclo é mais sútil.

O tempo passa e um dia vem na porta
Um senhor de alta classe com dinheiro na mão
E ele faz uma proposta indecorosa
E diz que espera uma resposta, uma resposta de João.
"Não boto bomba em banca de jornal
Nem em colégio de criança isso eu não faço não
E não protejo general de dez estrelas
Que fica atrás da mesa com o cu na mão
E é melhor senhor sair da minha casa
Nunca brinque com um Peixes de ascendente Escorpião".
Mas antes de sair, com ódio no olhar, o velho disse
"Você perdeu sua vida, meu irmão"
"Você perdeu a sua vida meu irmão
Você perdeu a sua vida meu irmão
Essas palavras vão entrar no coração
Eu vou sofrer as consequências como um cão

Faroeste caboclo
Sofreeeeeerrrr

Nunca brinque com um Peixes de ascendente escorpião

Numa discussão séria, quem diria tal coisa? Entre bombas e assassinatos, querer impor medo ou respeito através de um “peixes com ascendente escorpião” não parece certo no contexto, não é muito ameaçador, por assim dizer, ainda mais vindo do cabra da peste ignorante como João de Santo Cristo. Por que raios ele saberia seu ascendente e raios triplos, porque falaria isso para intimidar alguém?

Alguns diálogos improváveis poderiam surgir dali:

  • Senhor de Alta Classe (SAC) – O que foi que disse?
  • João de Santo Cristo (JSC) – Saia da minha casa! – em tom bravo.
  • SAC – Não, depois… você é o que? – incrédulo.
  • JSC – Eh… peixes com ascendente escorpião… – meio envergonhado.
  • SAC – Está me ameaçando com seu signo?
  • JSC – É modo de dizer… digo, sou malvado…
  • SAC – Ahan, sei…
  • JSC – Sou machão sim, tenho sangue nos olhos… sou cabra da peste…
  • SAC – E o que disse seu horóscopo de hoje? Para não fechar negócios… mercúrio retrogrado?
  • JSC – Não sei… será? Não li ainda, digo, não leio essas coisas!
  • SAC – Ok, entendi… vou procurar outro homem para o serviço…

  • JSC – Nunca brinque com um peixes com ascendente escorpião.
  • SAC – Jura, colega?! Sou libra com gêmeos! Me conta mais… Quem fez seu mapa? Tenho uma amiga que adooooraaa astrologia, você precisa conhece-la…
  • JSC – E o negócio da bomba na banca de jornais?
  • SAC – Ah, mandaram eu vir falar aqui… mas estava indeciso, sabe? Não gosto dessas coisas, violência…
  • JSC – Mas e o general…?
  • SAC – Aí, aquele um deve ser de leão, só pode. Todo orgulhosos com suas estrelas…

  • Mas antes de sair, com ódio no olhar, velho disse:
  • SAC – Bisca ruim! Toda cheia de vontades…
  • JSC – Porque todo mundo fala isso de mim?
  • SAC – Não se faça de vítima, que de coitado você não tem nada.
  • JSC – Nasci para sofrer mesmo, por isso bebo e uso drogas…
  • SAC – Você é safado, isso sim. Você e aquele nóia do seu primo Pablo ficam bebendo, depois perde o emprego e não sabe porquê.
  • JSC – Ninguém entende minha dor… vou me matar…
  • SAC – Vá cortar madeira, rapaz, e deixe de frescura!

  • É, oi? Não entendi o que disse…
  • JSC – Sou peixes de ascendente escorpião.
  • SAC – E o que significa? Por que está dizendo isso para mim? Faz parte de alguma torcida organizada do Santos? Vai mandar os caras me baterem?
  • JSC – Pô, astrologia cara! Todo mundo sabe…
  • SAC – Não, eu não sei. É o que? Tem um escorpião subindo num peixe, é isso?
  • JSC – Nada a ver! O Sol estava na constelação de peixes quando eu nasci, e a de escorpião surgia no horizonte.
  • SAC – Devo ter medo disso?
  • JSC – Sim, porque diz que eu guardo magoas e me vingo das pessoas.
  • SAC – Você é assim por que um escorpião subiu num peixe por causa do sol quente?
  • JSC – Ah, não entende nada, já te expliquei. Perdi a paciência, é melhor o senhor sair da minha casa.
  • SAC – Ok, bastava só dizer que não queria o serviço. Escorpião num peixe, essa é boa…

São diálogos cômicos e estereotipados. Não me venham encher o saco por distorcer a música, denegrir a imagem do João de Santo Cristo ou que sou preconceituoso com quem gosta de astrologia. Eu gosto! E sou machão… sou sim. Não é coisa só de mulher.


Inscreva-se

 

Abaixo o vídeo de faroeste caboclo. Enquanto ouve, preencha o formulário para receber notificações de novos posts e novidades do site. Vai, não custa nada.

É Faroeste CABOCLO, analfabeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *